Tristano All-Stars: destaques de 2018 e planos para a próxima temporada

Chega de ambientes corporativos e carentes de propósito. No Tristano todos têm algo a ensinar e aprender. É com essas premissas que Ana Gheller, fundadora do Tristano, fecha e inicia mais uma temporada, com o sexto ano do salão pela frente.

No Tristano, ainda mais importante do que você criar sua melhor versão é estimular a autoestima e a valorização de forma coletiva e plural. Por isso, 2019 começa com uma trajetória colaborativa, profissionalizante e educacional.

“Para o ano que vem queremos trabalhar mais com educação, fazer mais cursos. O primeiro fizemos em 2018 e veio bastante gente de fora, até do Rio Grande do Norte, para fazer curso com a gente por aqui. Além disso, há profissionais de fora, como de Porto Alegre e São Paulo, que querem ministrar cursos, vir para cá. Não tinha imaginado que isso seria tão legal”, conta Ana.

 
producao-by-mefiu-3.jpg
 

Valorização das pratas da casa

“Também quero dar mais chances de quem está por aqui crescer. Quero expandir e há planos para uma nova sede, mas ainda depende de alguns fatores, como a própria economia do Brasil”, diz Ana, que vem promovendo um ambiente de trabalho que aposta na formação e no desenvolvimento dos profissionais.

Isso já vem se refletindo com profissionais que chegaram como auxiliares, barbeiros, cabeleireiros, coloristas e maquiadores iniciantes e agora já vêm se atualizando e se especializando em determinadas áreas.

“Acho que vai ser bem interessante para 2019 essa interação entre os funcionários, os profissionais, os auxiliares. A troca entre todos os integrantes da equipe, aqui não temos aquela coisa de ego, ajudamos muito uns aos outros. E isso reflete no cliente né, porque ao estarmos sintonizados, isso resulta em coisas positivas, como segurança, para nossos clientes”, diz Sarita Barros (hairstylist).

“Trabalho na área da beleza há três anos e entrei no Tristano há pouco mais de um ano. Tem sido um aprendizado do começo até hoje”, confirma Galegu Gale, barbeiro e hairstylist feminino.

Despedida do Méfiu

E se tem uma pessoa que é dos grandes responsáveis por essa atmosfera produtiva e sempre antenada com o que é destaque no universo da beleza é Mateus Loureiro, o Méfiu, que saiu de Itapeva (SP) e largou o curso de Jornalismo em Cabo Frio (RJ) para vir morar em Curitiba em 2005.

Méfiu foi autodidata mas sempre se atualizou com cursos por aqui e no exterior e já passou pelo São Paulo Fashion Week. Foi auxiliar do beauty stylist Silvio Giorgio e fez trabalhos para Gisele Bundchen, Ivete Sangalo, Demi Moore, Millie Bobby Brown, entre outras celebridades. Ele se tornou uma referência no Tristano e é um dos profissionais que inspiraram a nova fase educacional do salão.

04.mefiu full.02.png

“O Mateus para mim é “chato” no bom sentido. Ele quer o melhor e que as pessoas façam o seu melhor. Ele é uma das bases de como fazer corte feminino e pega bastante no meu pé para que eu melhore e me incentiva bastante — é, com certeza, uma referência”, diz Galegu.

Rumo a Berlim

produção by Méfiu

produção by Méfiu

Agora Méfiu deixa o Tristano, no início de 2019, para mudar de ares, em Berlim. “Espero que o Mateus cresça ainda mais e é muito legal essa confiança que ele me deu aqui, para atender as clientes dele”, deseja Sarita.

“O Méfiu estudou fora e, quando voltou, nunca foi egoísta, sempre compartilhou o conhecimento com todo mundo. É comum vê-lo chamando outras profissionais para mostrar como fazer certos tipos de cortes. Acho que mesmo indo embora, quer um pedacinho dele aqui, então todas as suas técnicas e o que ele ensinou sobre o dia-a-dia de um salão foi e é muito importante. É por isso que todo mundo o admira”, elogia Ana.

Achou que não ia ter pingue-pongue? Há!

  • Filme: O Silêncio dos Inocentes

  • Série: Game of Thrones

  • Animação: Sakura Card Captors

  • Livro: Harry Potter

  • Game: Zelda — Ocarina of Time

  • Música: “Baby One More Time” — Britney Spears

  • Ator: Leonardo Di Caprio

  • Atriz: Meryl Streep

  • Cantor: Michael Jackson

  • Cantora: Lady Gaga

  • Quem faria você chorar no Arquivo Confidencial do Faustão? A Leticia Tie, a Ana Gheller

  • Quem você faria chorar no Arquivo Confidencial do Faustão? O Alan (namorado)

  • E qual seria sua manchete de glória no E! Entertainment Television? “Méfiu alcança influência global com o seu trabalho de hairstylist!”

E qual a mensagem do Méfiu para quem fica por aqui?

“Saiam do óbvio, busquem outras abordagens. Da mesma forma que não sou acomodado, não gosto que as outras pessoas sejam. Não passem mil anos com o mesmo corte de cabelo, procurem por coisas novas.”

“Nosso trabalho não é apenas fazer o cabelo e sim encontrar as brechas ou amarras psicológicas que as deixam presas para libertá-las disso — deixar de ter medo e suprir suas vontades, sem se importar tanto com as outras pessoas. Empodere sua autoestima: a opinião dos outros é legal, mas a sua é a que mais vale.”



Por Claudio Yuge