Tristano Lab e Color Experience

Se você já foi no Tristano, ou acompanha o pessoal do salão pela internet, já deve saber que ele é bem mais do que “só um salão”. O Tristano tem história, aprendeu muito com seu tempo de casa e, como todos nós, também entendeu muita coisa sobre si mesmo.

06.bellaensino full.01.png

Afinal, é impossível que o tempo passe e a gente não vá sacando cada vez mais sobre nós mesmos, como se fosse um manual que a gente escreve um pouco, lê e aí sim aprende. Pro salão não foi diferente: após 5 anos de vida, de batalha e de tantas experiências, o Tristano entendeu quem ele é e, principalmente, no que acredita.

Compartilhamento de aprendizados

Entre tantas revelações e fichas caindo, uma coisa ficou muito clara pra todo mundo que mergulha fundo na alma do salão, o Tristano curte ensinar. Passar as lições aprendidas pra frente, fomentar a galera a fazer mais e melhor, todos os dias, com os aprendizados coletivos que foram se juntando com o passar do tempo. E quanto tempo, hein?

Dessas, surgiu o Tristano Lab.

E o que é o Lab? Bem, é a realização do lado do Tristano que sempre curtiu experimentar, inventar moda, testar os limites e voltar com histórias pra contar, lições pra ensinar. Pra isso, o Lab cria experiências, palestras, cursos, debates e conteúdos com o objetivo de gerar reflexões e compartilhamento de conhecimentos.

O Lab foi criado em cima de alguns conceitos, um punhado de coisas que o Tristano acredita com todas as forças e, com essa iniciativa, começa a se posicionar a respeito de forma mais ativa e engajada. São eles

  • Compartilhar

Experiências, palestras, cursos, debates e conteúdos com o objetivo de gerar reflexões e compartilhamento de conhecimentos.

  • Evoluir

Papo reto entre profissionais, buscando novas soluções e o aperfeiçoamento de seus serviços e técnicas.

  • Experimentar

Como o próprio nome diz, ele  é um laboratório. Um ambiente de experimentação, compartilhamento e debate, onde profissionais da área e interessados podem aprimorar seus conhecimentos e desenvolver habilidades.

Por isso, como não poderia deixar de ser, o Tristano abriu suas portas e chamou todo mundo pra aprender junto com ele — chegava o Color Experience, workshop que deu início as atividades do Lab e foi ministrado pela Bella, colorista graduada pelo Instituto L’Oreal, especialista em coloração fantasia e ruivos, Artista L’Oreal e formada em Londres pela academia Not Another. Ah, claro, e parceiríssima do salão.

color-experience-bella.jpg

O Color Experience

Pra falar mais sobre o Color Experience, quem melhor do que a própria Bella: “meus cursos geralmente são apresentados em dois dias. No primeiro dia apresento toda a parte teórica e toda a base de conhecimento técnico em colorimetria, que será extremamente essencial para a execução da parte prática” explica. Ou seja, teve bastante teoria, mas ela também colocou a galera pra botar a mão na massa. Os participantes foram divididos em times menores, o que permitiu que todo mundo participasse de maneira super direta com descoloração, fundos de clareamento, técnicas de aplicação e até abordar como tirar uma boa foto do seu resultado.

“A importância de ter um curso que conecta teoria a prática? Um sem o outro não existe, portanto, poder errar no curso é realmente maravilhoso” conta Lyenara Winckler, aluna do Color Experience que dividiu um pouco sobre a experiência com a gente. “O erro é o único fator que não podemos evitar”.

E foi nesse espírito mesmo que as coisas rolaram, afinal, o Tristano e a Bella estão ligados que as coisas feitas pela metade não se sustentam. No mercado atual, ou você sabe como resolver os desafios apresentados ou seus clientes encontram quem resolva. Sendo assim, fica cada dia mais importante ter um approach mais holístico, que leve em consideração um conhecimento coletivo não só do que está sendo feito, e como está sendo feito, mas também do que está ao redor. Ou seja, vai pintar um cabelo colorido maravilhoso? Legal, mas como mostrar isso pros outros? Pois é, surge uma necessidade daquela foto bem tirada.

E, como a gente sabe, esses macetes vêm da experiência. E a Bella conta mais sobre sua abordagem: “Tanto para as técnicas de cor quanto para as de corte, existe uma grande base técnica e teórica extremamente essencial para a execução das partes práticas, como, por exemplo, na colorimetria é indispensável o domínio do conhecimento na parte de fundos de clareamento, bases e numeração da colorimetria, e isso se aprende somente com a soma de uma parte teórica no conteúdo, assim depois podendo executar na prática”.

 
color-experience-bella-2.jpg
 

E o Lab tem muito disso, de destilar os aprendizados das próprias experiências e repassar pra galera interessada de maneira aberta e bem intencionada: evitando que os demais falhem onde a gente já falhou antes. Pra expressar isso, nada melhor do que o Color Experience e as super lições da Bella pra galera que chegou junto.

Competição não tá com nada

As vezes as pessoas se perguntam, mas quando você ensina esses macetes, você não cria sua própria competição? Bom, eis o que a Bella tem pra falar sobre isso: “não, pelo contrário, eu acredito que independente do seu tempo de carreira, ou se você é assistente, colorista ou cabeleireiro, você sempre terá algo a aprender e também algo a ensinar. A cada curso que passa sempre aprendo algo novo com meus alunos e, na minha opinião, o conhecimento é algo muito valioso para guardar apenas pra si, a troca de conhecimento e informação é muito rica e sempre agregará a profissão, para a qual existe um mercado enorme de clientes; e se você se destacar e se garantir com seu trabalho, não haverá necessidade de se preocupar com concorrência”.

Afinal, mercados se fortalecem quando seus profissionais se capacitam e elevam o nível geral dos serviços prestados, certo? “O tristano é um salão de referencia e poder estar dentro, envolvida na sua rotina, e perceber que isso é algo alcançável, dá uma sensação de tranquilidade. Nos deixa participar um pouco da família Tristano e isso realmente é maravilhoso” relembra a aluna Lyenara.

Pois então, quanto mais a galera se ensina mais todo mundo ganha, gerando uma relação de apoio mútuo entre aspirantes e profissionais que sequer precisam trabalhar juntos. A coletividade se torna maior e a área toda se fortalece junto do indivíduo.

06.bellaensino full.02.png

Lembra das coisas que o Tristano aprendeu sobre si mesmo nesses anos? Essa, com certeza, está entre as mais importantes. Por isso, o Tristano sempre vai estar aí, compartilhando o que aprendeu nesses tempos de casa. “Poder sonhar e realizar sem dúvidas foi a transformação que este curso me trouxe”, conclui Lyenara sobre sua experiência com a gente.

As portas estão abertas pra você também, viu?

Por André Osna